quarta-feira, 29 de julho de 2015

PRINCIPAIS NAMESPACES DO ADO.NET

É o nome da biblioteca microsoft para acesso a banco de dados para plataforma .NET.

ADO.NET é um conjunto de classes do .NET Framework, desenvolvidas para facilitar o acesso das aplicações à bases de dados de diversos tipos, especialmente bancos de dados, como Access, SQL Server, Oracle etc.

Representa uma evolução no ADO (ActiveX Data Objects). Foi construído “do zero”, sem reaproveitar a tecnologia ADO. 

O ADO.NET vem com quatro Managed Providers para acesso direto ao SQL Server, drivers OLE DB, Oracle e ODBC. As classes reias tem um prefixo que identifica a família a qual pertencem:

Os principais namespaces do ADO.NET são:
  • System.Data
  • System.Data.OleDb
  • System.Data.Odbc
  • System.Data.OracleClient
  • System.Data.SqlClient
Com isso, os objetos pertencentes aos Managed Providers possuem nomes com prefixos diferentes para cada classe:
  • Connection:
    • SqlClient: SqlConnection
    • OracleClient: OracleConnection
    • OleDB: OleDbConnection
    • Odbc: OdbcConnection
  • Command:
    • SqlClient: SqlCommand
    • OracleClient: OracleCommand
    • OleDB: OleDbCom mand
    • Odbc: OdbcCommand
  • DataAdapter:
    • SqlClient: SqlDataAdapter
    • OracleClient: OracleDataAdapter
    • OleDB: OleDbDataAdapter
    • Odbc: OdbcDataAdapter
  • DataReader:
    • SqlClient: SqlDataReader
    • OracleClient: OracleDataReader
    • OleDB: OleDbDataReader
    • Odbc: OdbcDataReader
Wellington Pereira
Analista de Sistemas
aspnetwf@gmail.com

segunda-feira, 13 de julho de 2015

GOOGLE CHROME - ATIVAR MODO DESENVOLVEDOR

Ativar o modo de desenvolvedor do Google Chrome pode ser útil para que desenvolvedores testem novas versões de extensões em desenvolvimento. No caso de usuários finais, habilitar a opção permite instalar extensões baixadas de fora da Web Store, a loja de aplicativos do Chrome. 

Passo 1. Acesse o menu do Chrome, abra em “Mais ferramentas” e clique em “Extensões”

Passo 2. No topo direito da tela, habilite a opção “Modo desenvolvedor”

Habilite a opção "Modo do desenvolvedor" (Foto: Reprodução/Helito Bijora)
Pronto! Com esses dois passos simples, você conseguirá instalar qualquer extensão no Chrome. Entretanto, só faça isso se houver total confiança na procedência do download.

GOOGLE CHROME - ESCOLHER SUA PÁGINA INICIAL

Sua página inicial é exibida quando você clica no botão "Página inicial", que pode ser adicionado à barra de ferramentas do navegador. Siga as etapas abaixo para adicionar o botão "Página inicial" e escolher uma página inicial:
  1. No canto superior direito da janela, clique no menu do Google Chrome. Chrome menu
  2. Selecione Configurações.
  3. Em "Aparência", marque a caixa Mostrar botão "Página inicial".
  4. Abaixo de "Mostrar botão "Página inicial"", clique no link Alterar para escolher sua página inicial.
O botão "Página inicial" Home button é exibido à esquerda da barra de endereços.

A IMPORTÂNCIA DE SABER DELEGAR

Muitos profissionais, inclusive aqueles que deveriam liderar uma equipe, se esforçam para participar de absolutamente todos os processos e decisões. Muitas vezes, além do que deveriam.
Se você é um centralizador - do tipo que pede para ser copiado em todos os e-mails e quer estar em todas as reuniões -, é hora de parar um segundo. Um líder centralizador não só gasta seu tempo em coisas que não deveriam ser sua função, como está preparando mal sua equipe e reduzindo o nível de estímulo do trabalho.

Um líder deve se dedicar a assuntos prioritários, estratégicos. Isto significa que ele não pode ficar preso à rotina do negócio.

O verdadeiro líder entende que não pode mover um negócio bem-sucedido sozinho e que é preciso preparar os colaboradores, além de motivá-los. Essa é justamente a maior vantagem de se delegar funções, segundo os profissionais de coaching ouvidos pela CIO. Assim, o líder cria colaboradores multifuncionais, pensantes, que encontram soluções para os problemas da área ou mesmo do negócio.

Além disso, a postura valoriza os profissionais e cria um maior comprometimento com resultados, já que eles se sentem parte do processo. Obviamente, o líder perde certo poder nas decisões rotineiras, mas ganha uma equipe mais dedicada e mais tempo para certificar-se de que os projetos caminham para o resultado desejado e para apresentar e divulgar os feitos da área para a direção.

É compreensível que os líderes tenham a tendência de querer acompanhar todos os processos em andamento na área, já que, quando algo errado acontece, ele geralmente é responsabilizado. Porém, a probabilidade de as coisas não andarem - ou não andarem como o esperado - é maior se o líder for um centralizador, ainda mais nos dias de hoje em que as pessoas estão acumulando funções e tarefas.

Você ganhará poder se delegar funções. Mas sua equipe está preparada para isso? Com que velocidade você pode se afastar de tarefas rotineiras para centrar-se no que realmente importa?

Para ajudar os profissionais que estão dispostos a abrir mão de parte de seu controle, listamos dez pontos importantes a serem observados, segundo os profissionais de coaching.
1- Observe sua equipe. Conheça cada uma das pessoas que trabalham com você, a personalidade, os pontos fortes e fracos.

2- Seja transparente. Deixe muito claro os valores, a missão e a estratégia da empresa.

3- Entenda que esse não será um desafio só para você, mas para todas as pessoas da equipe. E, talvez, elas não tenham sido preparadas para isso antes.

4- Confie no seu time. Você escolheu as pessoas que se reportam a você? Elas estão há algum tempo na sua equipe? Então porque não confiar na capacidade de discernimento delas? Demonstre confiança.

5- Não espere que os outros façam as coisas exatamente como você. Entenda que cada um se organiza de uma forma diferente e o seu modelo não é o ideal, é só o seu jeito.

6- Acompanhe os passos dos projetos. Estabeleça a necessidade de relatórios no início do processo. Trabalhe com cronogramas, prazos e metas para não deixar ninguém perdido.

7- Baixe o nível de ansiedade. Ao delegar funções, é possível que você esteja pedindo algo novo para alguém. Entenda a possibilidade de o profissional precisar de algum tempo para se organizar e começar a produzir.

8 – Saiba que erros serão cometidos. Aceite que eles ocorrerão da mesma forma que aconteceriam se você fosse o responsável pelas funções. Quando toda a equipe, porém, aprende com os erros, a probabilidade de voltarem a acontecer é menor.

9- Não esconda informações e mostre-se disponível. Isto é fundamental para que o time sinta-se confiante em partilhar dúvidas e informações quando achar importante.

10 – Sempre dê feedbacks. Essa é uma ferramenta fundamental para a evolução de sua equipe. Aponte os pontos positivos e negativos, mas o faça como estímulo para que as pessoas busquem aperfeiçoamento. Se for o caso, estabeleça uma parceria com o RH para cursos e palestras.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Ativar ou Desativar Tecla fn do Notebook

A tecla fn dos notebooks são responsáveis por oferecer dois comandos diferentes para diversas  teclas. Quais serão elas e suas funções, irá depender muito da marca e modelo do seu dispositivo.

Em alguns modelos, a tecla fn pode servir para ativar um teclado numérico em teclas com letras, em outros irá funcionar em conjunto com as teclas de funções “F1″ a “F12″, ativando uma funcionalidade alternativa. Para identificá-las no teclado, basta procurar pelas teclas marcadas com a mesma cor da fn, que geralmente é azul, laranja ou branca.

Quando a tecla fn está ativada, o que digitamos acaba não sendo o esperado.

Os caracteres especiais localizados junto as teclas das letras de a..z acabam sendo digitados ao invés das próprias letras.

Talvez, você pode ter pensado que este problema pode ter sido causado porque o layout do seu teclado ou idioma foi reconfigurado. Veja como é fácil resolver este problema.

Como resolver o problema

Para desativar as teclas especiais você deverá pressione as teclas fn + numlock (alguns teclados pode se num lk). Se desejar ativar novamente, refaça o mesmo procedimento.

Nota: Se o problema persistir, melhor levar o seu notebook em uma empresa especializada, pois o problema pode ser outro.


Um forte abraço e até a próxima.






quarta-feira, 1 de julho de 2015

Códigos Prontos em Pascal


Abaixo selecionei uma lista de exemplos de códigos, mais utilizados como exemplos.

 

Números Primos

program primos;    //nome do programa

                  var    //variável
                     número,i:integer;   //variáveis inteiras
                     primo:boolean;  // variável booleana, ou seja, só pode assumir dois valores; verdadeiro ou falso


                     begin   //inicio do programa

                     // entrada

                writeln(' insira o número'); // a palavra writeln lerá o número inserido
                  readln (número); //    a palavra readln lerá o número


                      //processamento

                 primo:=true; // como padrão estou dizendo que todo número primo é verdadeiro(true)

                 i:=2;   //eu quero que o laço de repetição comece em 2

                    while i< número do         //lê-se da seguinte forma: enquanto i menor que número, faça
                         begin                              //inicie o laço de repetição


                     if número mod i=0    then    primo:= false;    //se o número inserido dividido por "i" tiver resto igual a zero, então é falso
                     i:=i+1;  // como "i" começa em dois, ele irá crescer em uma unidade ate fica menor que o número
                     end; //final do laço de repetição


                     if primo=false  then writeln (' não e número primo') // se número primo for igual a falso então exiba "não é número primo"
                     else writeln ('número primo'); // se não, exiba "número primo'
                       readln();   // coloquei (readln), para depois de executado as informações acima, o programa não fechar automaticamente, ele ira ficar em pause
                       end.  //final




Troca os valores dos termos inseridos

 
 program   TROCA; //PROGRAMA TROCA

                var     //variável
      a,b,auxiliar:integer;    //variáveis


      begin

      writeln ('insira o valor de a');  //escreva o valor de A
       readln(a);                       //leia a variável A
      writeln('insira o valor de b');  //escreva o valor de B
       readln(b);                      //leia a variável B


 

         auxiliar:= a;   //atribuindo a variável "auxiliar" o valor de A

 

         a:=b;  // a variável A eu atribuo o valor de B
         b:=auxiliar; //a variável B eu atribuo o valor da variável auxiliar, que essa tem, o valor antigo de b


         writeln(' o valor de A.:',a);  //exiba o valor de A
         writeln(' o valor de B.:',b);  //exiba o valor de B
         readln();  //pausa do programa
         end. //final


 

Valores em ordem decrescente
 

   program ordem;         // programa ordem

    var a,b,c:real;         //variáveis em números reais

    begin
                                 //entrada


     writeln('insira o valor de A');       //insira o valor de A
       readln(a);
     writeln('insira o valor de B');      //insira o valor de B
       readln(b);
     writeln('insira o valor de C');     //insira o valor de C
       readln(c);             //processamento


           if (a>=b) and (b>=c) then        // se  A menor que B e  B menor que C   então
              writeln(' a ordem fica',a:6:2,b:6:2,c:6:2)    // exiba ...


           else if (a>=B) and (c>=b) then                   // senão se ...
              writeln(' a ordem fica',a:6:2,c:6:2,b:6:2)   // exiba


           else if (b>=a) and (a>=c) then                 // senão se...
              writeln(' a ordem fica',b:6:2,a:6:2,c:6:2)   //writeln...
           else if (b>=a) and (a<=c) then="" br="">              writeln(' a ordem fica',b:6:2,c:6:2,a:6:2)   //senão se...
           else if (c>=a) and (a>=b) then
              writeln('a ordem fica',c:6:2,a:6:2,b:2:6 )    //exiba...
           else if (c>=a) and (a<=b) then="" senão="" se="" br="">              writeln('a ordem fica',c:2:6,b:2:6,a:2:6);   //exiba...


 

                  readln();    //pause
              end. //final




Valor é par ou impar

 

     program modpar;     //programa modpar

                     var num:integer;      //variáveis inteiras
                     begin                  //inicio


                     writeln('insira o número');  //exiba...
                      readln(num);   //leia...


                  if num mod 2 = 0 then writeln(' número par')  // se número dividido por 2, tem resto igual a zero, então exiba "número par"
                  else writeln(' número impar');  // senão número impar


                   readln();//pause
                   end.   //final


 

Tipo de triângulo, a parti dos valores inseridos
 

   program           triângulo;         //programa triângulo

   var ld,le,li:real;   //variável
   begin


     writeln('insira o valo da linha direita');    //escreva...
      readln(ld);
      writeln('insira o valo da linha esquerda');    //escreva...
      readln(le);
       writeln('insira o valo da linha inferior');   //escreva...
       readln(li);


   IF  ((ld+le)>li) and ((ld +li)>le) and ((le + li)> ld) then    //equação para existência de um triângulo...

          if       ( ld=le) and (ld=li)  then            //condição para o programa escrever na tela do computador a frase "em vermelho"
                      writeln (' triângulo equilatero')


          else if (ld=le) or ( ld=li) or (li=le) then  //condição para o programa escrever na tela do computador a frase "em vermelho"
                      writeln('triângulo isoceles')


           else writeln(' triângulo escaleno')   //condição para o programa escrever na tela do computador a frase "em vermelho"

 

   ELSE WRITELN(' não E UM triângulo'); //condição para o programa escrever na tela do computador a frase "em vermelho"
         readln();
     end. //final


 

Soma de uma progressão aritmética


program soma_de_uma_pa; 

            var a,an,n,s:real;  // variáveis reais

            begin   //inicio

              writeln(' insira o primeiro termo');      //writeln...
                readln(a);                               //readln...
              writeln(' insira o ultimo termo');        //writeln...
               readln(an);                              //readln...
              writeln('números de termos');             //writeln...
               readln(n);                               //readln...


 

                 s:= n*(a +an)/2;           //formula da soma de uma pa

                 writeln(' o valor da soma de uma progressão aritimética, foi: ',s:6:2);      //exiba...
                   readln();                                                                  //pause
                   end. //final



Identifica o mês, apartir do número inserido

 

 program dia_do_mes;          //programa dia do mes

      var                                    //variáveis
               mes:integer;                  //inteiro


             begin                          //inicio

             writeln(' insira o número, do respectivo mes');    //exiba...
               readln(mes);                            //leia


             case mes of                      //caso o mes seja:

             1: writeln('janeiro');            //número, exiba....
             2: writeln('fevereiro');
             3: writeln('marco');
             4: writeln('abril');
             5: writeln('maio');
             6: writeln('junho');
             7: writeln('julho');
             8: writeln('agosto');
             9: writeln('setembro');
             10: writeln('outubro');
             11: writeln('novembro');
             12: writeln('dezembro');
              else writeln (' não existe esse mes');   //senão tiver o número que for inserido, exiba.....


              end;       //final do caso seja..
               readln();  //pause
             end.  //final


 

Tabuada matemática exemplo 1

 

program      tabuada;      // programa tabuada

           var      número,i:integer;    //variáveis

 

           begin                     //inicio

        writeln(' insira o coeficiente  ');        // exiba...
          readln(número);                          //leia


                                                 // para i eu atribuo 1 até 10 e faça
     for i:=1  to 10 do


     writeln(número,' x ', i,' = ', número*i);   //exibir...
       readln();//pause
       end.  //final


 

Tabuada matemática exemplo 2

 

program      tabuada;      // programa tabuada

           var      número,i:integer;    //variáveis

           begin                     //inicio

        writeln(' insira o coeficiente  ');        // exiba...
          readln(número);                          //leia

                                                 // para i eu atribuo 1
    i:=1;
                                                // enquanto i menor ou igual a 10 faça
      while i<=10 do
        begin //iniciar
     writeln(número,' x ', i,' = ', número*i);   //exibir...
      i:=i+1;   //incrementando, que o valor de i, sempre aumentar mais 1
      end;//final do laço
       readln();//pause
       end.  //final


 

Um forte abraços a todos

 


O QUE É PDF?

É uma sigla inglesa que significa  Formato Portátil de Documento  ( Portable Document Format - PDF).  É um formato de arquivo usado para e...